« Home | Depressão » | Cara taça UEFA, o «Porto A» vai a caminho, não dev... » | Para além de futebol, os portugueses também têm um... » | «You lost?» » | A dieta maradona » | Sair do Nuno » | Coisas que, se pensarmos bem, são um bocadinho mai... » | A Dieta Rochemback, um blogue com linguagem gestua... » | Domingo de vómitos (amén) » | Vamos ao que interessa e estejam bem »

Directamente da traseira de um Renault 12 TL


Penso que será difícil para toda a gente reconhecer, mesmo muito no início e ainda com esperanças de que algo corra mal, a geral sapatada com que Scolari tem respondido aos (seus) cépticos. Dadas as minhas qualidades, nunca fui muito duro com Scolari, mas também nunca consegui ultrapassar a escolha dos jogadores para o primeiro jogo contra a Grécia no Euro 2004, só termos eliminado a Inglaterra nos penaltis, ter querido ir para o Benfica, a ainda existência do Ricardo como jogador profissional de futebol e aquela horrível campanha de qualificação para o Mundial da Alemanha. O trabalho raso que Scolari fez do legado de Mourinho no Chelsea não é só coisa de homem com eles no sítio; por momentos, e enquanto continuarem a jogar como se se pudesse ganhar, não só em campo, mas também com o voto do público, começo a ficar com a sensação de que ele sabe mesmo o que é que anda aqui a fazer.

"These are unsettling times at Stamford Bridge. [...] Deposed as the richest team on the planet, and with swashbuckling football delighting out on the pitch as much as their Brazilian manager's charm wins friends off it, they are in danger of becoming popular."

Aqui.

Posted by maradona on sábado, 25 de outubro de 2008 at 11:56

Caro Maradona - é sempre um prazer comunicar com um astro - no Chelsea, com aquele plantel e com aquelas opções até tu comigo a adjunto conseguias resultados. A ver vamos se o estado de graça de Big Fil não começa a terminar já amanhã.

http://chutodeletra.blogspot.com/

Ninguém usava o argumento 'com aquela equipa também eu' quando estava no Chelsea o Zé de Setúbal.

E os críticos do Phil também não tiveram a prudência de olhar para o plantel do Chelsea antes de preverem uma catástrofe ao brasileiro.

Ele é muitíssimo menos parvo do que parece. Do que quer parecer, de resto.

é jà amanhã, se não for, serà para a proxima semana, ou então depois, mas essa sorte não pode continuar... conversas de odio e mal dizer; o sucesso do Scolari não é so sorte.

parece que vi o carlos queirós ao lado do presidente do benfica.

Abrias a boca mais cedo e mais cedo eles perdiam em casa.

a prova o "com aquela equpa tambem eu" é errada é a performance do Avram Grant o ano passado.

O Scolari não é tão burro como parece. Infelizmente, em portugal só se está a perceber isto depois de ele ter ido embora :):):):)

grande maradona. mal o elogiaste, o gajo perdeu.

Enviar um comentário